Morghan Pontes, Advogado

Morghan Pontes

Bezerros (PE)
4seguidores61seguindo
Entrar em contato

Principais áreas de atuação

Direito Penal, 12%
Direito do Consumidor, 12%
Direito do Trabalho, 12%
Direito Processual Penal, 12%
Outras, 52%

Comentários

(1)
Morghan Pontes, Advogado
Morghan Pontes
Comentário · há 9 meses
Certamente hoje existem muitos jovens advogados nesta situação. Emprego não está fácil, a concorrência é grande e os escritórios exigem demais, como bem foi dito na matéria. A solução que me serviu (tenho 28 anos e pouco mais de três anos de OAB) foi: especialize-se em uma área, somente uma, defina as teses que você quer representar e vá atrás dos clientes, não espere eles chegarem até você. Ex: uma das coisas que faço, que me rendem dinheiro e não me tomam muito tempo hoje é execução de dívidas de condomínio pelo novo CPC. Intermediação de acordo e ajuizamento de ação de execução. Cobro 20% do que for recuperado pelo condomínio. Hoje, com a altíssima inadimplência, é muito comum existir condomínios precisando desses serviços. E NUNCA faça de tudo, como clínico geral. Essa advocacia de ficar esperando cliente e resolver qualquer que seja o problema, é a advocacia de dezenas de anos atrás. Hoje, na velocidade que as coisas andam, o advogado autônomo tem que empreender, entender que ele é um empresário de si mesmo. Boa sorte na caminhada e espero que desista de um emprego para trabalhar por conta própria. Claro, no começo é mais difícil, o retorno não é tão rápido, mas tu ganharás mais e em poucos anos estará valendo a pena. Abs!

Recomendações

(4)
Hebert Giesteira, Advogado
Hebert Giesteira
Comentário · há 4 anos
Ocorre que, em se tratando de advogado, ainda está em vigência a LEI DO IMPÉRIO DE 11 DE AGOSTO DE 1827, que cria dois cursos de Ciências Jurídicas e Sociais, introduz regulamento, estatuto para o curso jurídico e, em seu artigo 9º dispõe sobre o Título (grau) de doutor para o Advogado.

Eis o texto: “Art. 9.º - Os que freqüentarem os cinco annos de qualquer dos Cursos, com approvação, conseguirão o gráo de Bachareis formados. Haverá tambem o gráo de Doutor, que será conferido áquelles que se habilitarem com os requisitos que se especificarem nos Estatutos, que devem formar-se, e sò os que o obtiverem, poderão ser escolhidos para Lentes.” (sic)

Segundo a lei em pauta, o título de Doutor é destinado ao bacharel em direito que se habilitar ao exercício da advocacia conforme os requisitos destinados.
Explico: atualmente, o Estatuto da OAB determina a necessidade de, além de preencher uma série de requisitos, ser aprovado em Exame de Ordem, para, só então, o bacharel em Direito poder ser considerado Advogado.

Portanto, legalmente falando, o Advogado, habilitado segundo o Estatuto da OAB, é Doutor.
----
Dicionário de Tecnologia Jurídica de Pedro Nune, coloca muito bem a matéria. Eis o verbete: BACHAREL EM DIREITO - Primeiro grau acadêmico, conferido aquém se forma numa Faculdade de Direito. O portador deste título, que exerce o ofício de Advogado, goza do privilégio de DOUTOR.
===============

Não apenas pelo Direito, mas pela Tradição, o título de Doutor pertence aos Advogados.

Perfis que segue

(61)
Carregando

Seguidores

(4)
Carregando

Tópicos de interesse

(22)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Morghan

Morghan Pontes

Entrar em contato